Home Avicultura PREVENÇÃO – ABPA propõe ação conjunta de prevenção contra Influenza Aviária no...

PREVENÇÃO – ABPA propõe ação conjunta de prevenção contra Influenza Aviária no Mercosul

O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, participou nesta quarta-feira, em Buenos Aires, na Argentina,  de um encontro com representantes do governo e de indústrias e de associações de países do Mercosul,  produtores de carne de frango e de ovos.

Nos Estados Unidos, a crise sanitária se alastrou por 15 estados, causando prejuízos de centenas de milhões de dólares. (Foto: Divulgação)
A influência já dizimou muitos plantéis pelo mundo, causando muitos prejuízos. (Foto: Divulgação)

Na reunião, Turra apresentou a proposta desenvolvida pela ABPA para prevenir a ocorrência de Influenza Aviária no território Sul Americano.  A estratégia conta com iniciativas dentro e fora do setor, envolvendo ferramentas de comunicação, aprimoramento de ações e protocolos quanto aos procedimentos nas unidades produtivas, levantamento de informações para o Ministério da Agricultura (MAPA), entre outros.

– Além disso, queremos sensibilizar o empresariado e os representantes do governo que participarão do encontro quanto à necessidade do total engajamento e dos investimentos na vigilância da sanidade.   No Brasil, nossa Ministra Kátia Abreu deixou claro, em meio aos cortes de orçamento sofridos pelo MAPA, que nem um centavo seria retirado da defesa sanitária.  É este o espírito que queremos transmitir aos nossos vizinhos, enfatizou Turra.

Assim como o Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai não registraram focos da enfermidade em seu território.  No mundo, todos os grandes produtores já registraram focos da doença.  Nos Estados Unidos, a crise sanitária se alastrou por 15 estados, causando prejuízos de centenas de milhões de dólares e o abate de mais de 48 milhões de aves.   Pelo mundo, China, México, Japão, Canadá, Reino Unido, Alemanha e Indonésia são apenas alguns exemplos de países que registram focos da doença.

(Fonte: Ascom/ABPA)