*Da Redação

Nesta segunda-feira, 1° de junho, é comemorado mundialmente o Dia do Leite. Instituído em 2001 pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), órgão da ONU, com objetivo de incentivar o consumo do produto em todo o mundo e reconhecer a sua  importância, a data ganhou notoriedade e, atualmente, mais de 85 países celebram a data.

Cooperativas paranaenses registraram crescimento de 9,5% na captação de leite.(Foto: Divulgação)

Na Cooperativa Castrolanda, com sede em Castro/PR – a “Capital Nacional do Leite”, não poderia ser diferente. O Diretor Presidente Willem Berend Bouwman realizou um brinde de agradecimento e fez questão de elencar todos que atuam e contribuem para o desenvolvimento do setor no país.

– Hoje é dia de celebrar e agradecer aos produtores, assistência técnica, colaboradores e a todos os colegas e parceiros que fazem parte dessa cadeia tão importante – enfatiza Willem.

– Nossas três unidades de beneficiamento de leite, localizadas nas cidades de Castro, Ponta Grossa no Paraná e Itapetininga, em São Paulo, trabalham com rigorosos critérios de qualidade, tudo para garantir a melhor produção e para que o produto que chega à mesa do brasileiro seja de qualidade –  destaca o Presidente.

Willem Berend Bouwman (Foto: Divulgação)

Recentemente, em ranking divulgado pela Associação Leite Brasil, a Unium, marca institucional das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, manteve-se entre as três principais empresas de laticínios do país.

– Nossos produtores têm papel essencial no resultado. São altamente qualificados, possuem grande volume de produção e preocupação constante na qualidade do leite produzido. Atualmente são produzidos em torno de 2.200.000 litros/dia com uma média aproximada de 1.700 litros/produtor/dia. Esse é o melhor resultado entre todas as indústrias do ranking – comemora.

*Fonte e texto: Ascom/Castrolanda, com edição da Cerrado Rural Agronegócios