Home Uncategorized FAZENDA CARNAÚBA – Propriedade é referência em caprinovino e bovino...

FAZENDA CARNAÚBA – Propriedade é referência em caprinovino e bovino (com vídeo)

Da Ascom/CNA

Fazenda é excelência na criação de caprinos. (Foto: Ascom/CNA)
Fazenda é excelência na criação de caprinos. (Foto: Ascom/CNA)

A Fazenda Carnaúba, localizada no município de Taperoá, na Paraíba, é referência nacional quando o assunto é genética de caprinos, ovinos e bovinos. A persistência familiar em produzir no semiárido nordestino rendeu à propriedade de 960 hectares altos índices de produtividade e competência técnica na criação de raças nativas de caprinos, ovinos e bovinos, tanto de leite, quanto de corte.

O produtor Manuel Dantas Vilar Filho e seus quatro filhos administram a fazenda, que está na posse da família desde o século 18. No plantel, são criadas apenas raças nativas, sendo oito ovinas (Barriga Negra, Cariri, Morada Nova Pretas e Vermelhas, Jaguaribe, Cara Curta, Somalis e Santa Inês), dez caprinas (Parda Sertaneja, Moxotó, Graúna, Serrana Azul, Repartida, Canindé, Marota, Mucianas Pretas e Caobas, e Biritingas) e três raças bovinas zebuínas (Guzerá, Sindi e Gado Pé Duro).

Por ser referência nesse tipo de produção no Nordeste, a Fazenda Carnaúba promove o “Dia D”, uma mostra de ovinos e caprinos nativos e bovinos para produtores rurais. Neste ano, a 4ª edição reuniu mais de 4 mil visitantes, entre os dias 15 e 17 de julho, com exposição e venda de animais, palestras sobre carne ovina, queijo caprino, uso da palma forrageira e visitas a campo. A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-PB) e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Paraíba (FAEPA-PB) prestigiaram o evento.

Seo Manoelito, proprietário da Carnaúba(Foto Divulgação)
Seo Manoelito, proprietário da Carnaúba(Foto Divulgação)

De acordo com assessor técnico da Comissão Nacional de Ovinos e Caprinos da CNA, Rafael Linhares, o evento demonstra que, com o uso de tecnologias peculiares e persistência do produtor, é possível obter sucesso com a agropecuária na região semiárida.

– A tradição mantida pela família na produção rural, na originalidade do semiárido e apresentando índices interessantes de produtividades, chama a atenção e justifica a referência nacional da fazenda – afirmou o assessor.

O presidente da FAEPA-PB, Mario Borba, destacou a importância da fazenda como caso de sucesso em pecuária nordestina.

– Muitos produtores da região sofrem com o endividamento rural, ausência de políticas públicas, escassez de chuvas e o que essa família faz para continuar produzindo pode servir de exemplo para outros pecuaristas – disse.

O leite proveniente de caprinos e bovinos é processado no laticínio da própria fazenda para produção e venda de queijos artesanais. Segundo Rafael, a produtividade média é de 13 a 14 litros/dia da raça Guzerá, 11 a 12 litros/dia da raça Sindi e 2 litros por dia de cabra.

– A fazenda se mantém com recurso próprio, derivado somente de sua produção. A nutrição dos animais provém do aproveitamento de capins nativos do semiárido, da semeadura do capim Buffel de origem africana e da palma forrageira de origem americana (semeada em solo corrigido com adubo orgânico e químico, sem o uso de irrigação) – explicou Rafael Linhares.

A Fazenda Carnaúba tem parceria com a Federação e com o SENAR da Paraíba para capacitação e treinamento de produtores rurais, por meio de cursos agropecuários, com destaque para a produção e aproveitamento da palma forrageira.

Veja vídeo sobre a Fazenda Carnaúba: